BOLSONARO E ALIADOS DEPÕEM NA POLÍCIA FEDERAL POR TENTATIVA DE GOLPES
  • 832
  • 0
  • 22/02/2024 
  • redacao

A Polícia Federal (PF) marcou depoimentos para ouvir nesta quinta-feira (22) o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e ao menos outras 14 pessoas no âmbito da investigação sobre a suspeita de tentativa de golpe de estado. Todos os depoimentos foram marcados para 14h30 e vão ser tomados em salas separadas.

O objetivo das oitivas simultâneas é evitar a combinação de versões. Bolsonaro já adiantou que ficará em silêncio durante o depoimento. O ex-presidente afirmou, em documento enviado ao STF, que só prestaria depoimento se seus advogados tivessem acesso ao processo, mas o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso, Alexandre de Moraes, respondeu que a defesa do ex-presidente já tem acesso ao material das investigações. Exceto o que não pode ser liberado por ainda ter investigação em andamento ou ser furto de delação premiada.

Por outro lado, o ex-ministro da Justiça, Anderson Torres, disse que vai depor e vai falar aos investigadores. Torres participa de oitiva na mesma data do ex-chefe. Ele adotará a estratégia de dizer que não há crime em suas falas em reunião gravada em junho de 2022 e anexada às investigações.