“NÃO É QUESTÃO DE LEGISLAÇÃO, É NECESSIDADE. TURISMO NÃO É COMPATÍVEL COM LIXÃO.” DIZ MANASSÉS SOUZA AO SECRETÁRIO NACIONAL DE SANEAMENTO
  • 342
  • 0
  • 18/07/2021 
  • redacao

 

 

O prefeito de Maraú, Manassés Santos Souza, segue empenhado em acabar de vez com os dois lixões do município. Na última sexta-feira, 16/07, o chefe do executivo marauense participou do debate sobre o marco Legal do Saneamento, onde foram abordadas as responsabilidades dos gestores e as oportunidades para os municípios, e consequentemente, para toda a região sul do estado da Bahia, através das ações realizadas a partir do gerenciamento integrado dos resíduos sólidos.

O evento que aconteceu em Itacaré, teve o intuito de discutir as soluções conjuntas para o destino dos resíduos sólidos nos municípios da região, o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Território Litoral Sul (CDS-LS). O evento teve a participação do secretário nacional de Saneamento do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Pedro Maranhão.

e acordo com Manassés Souza, acabar com os lixões não é apenas uma questão de cumprir uma determinada lei. “NÃO É QUESTÃO DE LEGISLAÇÃO, É NECESSIDADE. TURISMO NÃO É COMPATÍVEL COM LIXÃO. MARAÚ TEM DOIS LIXÕES E É UMA VERGONHA NACIONAL”, Disso o gestor ao Secretário Nacional.

O prefeito ainda frisou que segue determinado em acabar com o lixão da Península e considera como um dos maiores desafios de sua gestão, não jogar mais nenhum lixo nesse local.

O deputado federal Ronaldo Carletto e o Neto Carletto também estiveram na reunião e ressaltaram a importância da união dos gestores. O CDS-LS já garantiu que vai entregar, no ano de 2021, o Plano de Gestão Intermunicipal Integrada de Resíduos Sólidos completo e no prazo de todos os municípios consorciados, como estabelece a legislação, e com isso estará habilitado para acessar os recursos do Ministério de Desenvolvimento Regional.
Participaram da reunião o prefeito de Coaraci, Jadson Albano, representando a AMURC, o prefeito de Jussari e presidente do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (CIMA), Antônio Valete, o prefeito de Maraú, Manasses Souza, o prefeito de Santa Luzia, Fernando Brito, o prefeito de Ubaitaba, Bêda, o vice-prefeito de Almadina, Marcos Marciel, o deputado estadual, Rosemberg Pinto, o secretário executivo do CDS-LS, Luciano Veiga e do Consórcio do Médio Sudoeste, Lourival Nunes. (ASCOM-Assessoria de  Comunicação/Prefeitura de Maraú)