UBAITABA: MORTE DE JORNALISTA ILHEENSE REPERCUTE NA REGIÃO
  • 1.397
  • 0
  • 16/09/2017 
  • redacao

 

O jornalista Roberto Rabat faleceu no início da noite desta quinta-feira, dia 14.

Ainda repercute em toda imprensa do Vale do Rio das Contas,  o falecimento do jornalista Roberto Rabat, ocorrido às 18 horas da   última quinta feira (14), na cidade de Ilhéus. Ele permanecia internado se recuperando de um infarto e respirava com a ajuda de aparelhos. Rabat foi pioneiro no jornalismo virtual na região sul da Bahia onde  fundou e editou, por anos, o site R2CPress.

O Sindicato dos Jornalistas de Ilhéus manifestou nota de  pesar pela morte do jornalista Roberto Rabat, 62 anos, foi o responsável por introduzir a linguagem popular no jornalismo político e também atuou como assessor de imprensa da Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Em início de carreira foi repórter esportivo na Rádio Bahiana, nos anos de glória do futebol amador ilheense. Rabat também foi membro efetivo por mais de três décadas do Conselho Deliberativo do Colo Colo. Sempre foi um profissional referência em toda a região sul da Bahia, com suas opiniões lúcidas e coerentes.

Um abnegado pelas causas de Ilhéus e exemplo de pessoa simples e humilde, apesar da sua grandeza como homem de imprensa. Foi funcionário da Ceplac por mais de 30 anos e era Venerável da Loja Maçônica Elias Ocké. (jornaltribunadaregiao.com.br)