DUPLA DE CANOAGEM BRASILEIRA ESTRÉIA NESTE DOMINGO NAS OLIMPÍADAS DE TÓQUIO
  • 410
  • 0
  • 31/07/2021 
  • redacao

 

Jacky Jamael Nascimento Godman, estará representando o Brasil na canoagem nas Olimpíadas, ao lado de Izaquias

O atleta itacareense Jacky Jamael Nascimento Godman, estará representando o Brasil na canoagem nas Olimpíadas, fazendo a parceria do C2 ao lado do medalhista olímpico Isaquías Queiroz dos Santos, de Ubaitaba. A estreia será neste sábado, dia 01 de agosto, às 22 horas. Em seguida, a dupla brasileira seguirá para as quartas de final, prevista para a meia noite.

A participação do itacareense nas Olimpíadas de Tóquio movimentou a cidade e a expectativa é de trazer para o Brasil uma importante medalha olímpica. Em nota a Associação de Canoagem de Itacaré, falou da alegria de ter um representante nas olimpíadas: “estamos sem palavras para descrever tamanha emoção pela convocação do nosso Menino de Ouro”, destacou a ACI.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, também falou da importância e do orgulho de ter um representante nas Olimpíadas de Tóquio. “Estamos muito felizes e orgulhosos com nosso atleta Jacky Godman. Com toda a certeza a participação do atleta nas olimpíadas representa o sonho de muitos guerreiros da canoagem e servirá de inspiração para atletas da nova geração que estão surgindo para representar o nosso município e o nosso Brasil”, ressaltou.

E se depender de determinação, a dupla brasileira já é medalha de ouro. Jacky Godman tem como inspirador o campeão e colega de equipe Isaquías Queiroz. “Eu aprendo com ele sobre remada, sobre sua experiência nos campeonatos, suas conquistas, é importante ter um cara como ele na equipe, que te passa confiança, conversa com a gente muito, sempre tá ali tentando ajudar. Ele é exigente. Ele pega. Ah, faz isso, faz aquilo, faz isso, faz aquilo mas é bom, é muito bom isso”, relata Jacky.

E sintonia entre eles não falta. Eles correm juntos, almoçam juntos, carregam a canoa juntos. Tudo em busca da sintonia absoluta na tranquilidade da base de treinos do Brasil, local que recebeu as provas de canoagem nos Jogos de Tóquio em 64. Até mesmo no treino individual, Isaquías parece sincronizado com o novo companheiro de remadas.