EX-MORADOR DE RUA DECIDE PROCESSAR O INSTRAGRAM E PEDE ALTA INDENIZAÇÃO ;ENTENDA
  • 558
  • 0
  • 20/04/2022 
  • redacao

 

Os advogados de Givaldo Alves decidiram entrar com uma ação contra o Instagram

O ex-morador de rua, que ganhou fama após ser agredido por ter relações sexuais com a esposa de personal trainer, em Brasília, tem tido cada dia mais suporte em sua nova vida. Agora, atuando como influenciador digital, Givaldo Alves decidiu processar o Instagram após ter o perfil desativado na rede social.

Na semana passada, após a conta com quase 480 mil seguidores ser retidada do ar, ele fez ameaças na internet através do seu perfil no Tik Tok. Diante do caso, os advogados do ex-mendigo revelaram que pretendem pedir indenização de R$ 300 mil à rede social de Mark Zuckerberg.

Segundo informações divulgadas pelo portal R7, os representantes de Givaldo, que recentemente teve um embate online com Deolane Bezerra, alegam que ele deixa de ganhar cerca de R$ 30 mil por semana com o perfil bloqueado, valor referente à publicidades. Os advogados alegam que desativação aconteceu após “ciberataques de ativistas”. Procurado, o Instagram não quis comentar o caso.