“ARAUJO DE BARRA GRANDE” FOI EXECUTADO COM DIVERSOS TIROS EM UBATÃ E CORPO JOGADO EM VALA
  • 1.234
  • 0
  • 23/10/2015 
  • redacao
O corpo de Araújo foi jogado em uma vala crivado de balas

O corpo de Araújo foi jogado em uma vala crivado de balas (Foto:ubaitaba.com)

Seis  homens encapuzados e fortemente armados invadiram, renderam, executaram e jogaram numa vala,  o corpo de Manoel Percino de Araújo Neto, também conhecido como Araújo de Barra Grande. O crime aconteceu  por volta das 05 da manhã desta quinta feira (22) numa fazenda de sua propriedade a 12 km de Ubatã.

Segundo informações, Araújo estava em uma de suas fazendas, no município de Ubatã, a Fazenda Paz e Amor, quando foi surpreendido logo cedo, por 06 homens fortemente armados, de pistola .45, pistola 9mm, espingarda calibre 12 e de coletes a prova de balas e abordaram Araújo e o renderam, levando ele para o local do crime, a cerca de 100 metros da casa, onde ele foi metralhado e jogado numa vala.

Araújo era muito conhecido na região de Barra Grande e Ubaitaba, onde já morou, em Barra Grande ele já foi corretor de imóveis.

De acordo informações da Polícia Civil, ha alguns anos atrás, Araújo foi investigado e preso, por suspeita de envolvimento na morte do delegado de Ipiaú, André Serra, em 2009. Além dele ter outras passagens pela polícia.

A fazenda onde ele foi assassinado fica depois de Ubatã, sentido a Ibirataia, a 12 km da sede de Ubatã, mas ainda é jurisdição da delegacia de Ubatã que investigará o crime, sob o comando do delegado Adelino Loyola.

Essa não foi a primeira vez que tentaram matar Araújo, em uma outra tentativa, no dia 09 de abril deste ano, vários homens, utilizando o mesmo “modus operandis” (mesma tática) invadiram uma casa de Araújo numa fazenda próximo ao distrito do Travessão, em sua captura e desferiram mais de 100 tiros na casa, matando a sua esposa e um sobrinho que estavam no local, Araújo havia conseguido escapar.

Até o momento de fechamento desta reportagem, as 12 horas da manhã, a Polícia Civil de Ubatã ainda estava aguardando a chegada do DPT –  Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus – para fazer a perícia e remover o corpo do local. (Ubaitaba.com)