AURELINO LEAL COMPLETA 55 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICO ADMINISTRATIVA AMANHÃ QUINTA-FEIRA 15
  • 2.060
  • 0
  • 14/12/2015 
  • redacao
A cidade é banhada pelo Rio das Contas (Foto: H. Hugo)

A cidade é banhada pelo Rio das Contas (Foto: H. Hugo)

O município de Aurelino Leal completa nesta terça feira,   dia (15) de dezembro 55 anos de emancipação político-administrativa. Criado através da Lei  1.579, de 15 de dezembro de 1961, o município possui uma área territorial de 438 K m2 e uma população estimada em 13 mil  habitantes, de acordo com o censo realizado  em 2. 000.A princípio a  localidade que pertencia à Capitania de Ilhéus, recebeu o denominação de São Miguel. Depois o território foi anexado ao município de Barra do Rio de Contas (Atual Itacare). Experimentou crescimento a partir  de 1930 com a chegada da Estrada de Ferro e em 1940 sofreu modificação na sua denominação, passou a ser chamada de Arraial de Itaipava. Três anos depois recebeu o nome de Poirí, transformando-se em distrito de Itacaré.

Crescimento

Com a  cultura do cacau, principal base econômica da região, o distrito cresceu e apareceu no cenário estadual. Diversas firmas compradora do produto (Correia Ribeiro, Mattos Souza, dentre outras) se estabeleceram no lugar que ao ser elevado à condição de município autônomo recebeu o nome de Aurelino Leal, em homenagem ao ilustre advogado, jornalista, professor catedrático, natural de Itacaré. Tendo como primeiro prefeito, Antonio Freitas do Nascimento. Atualmente o município é governado pela senhora Elizângela Ramos de Andrade Garcia, a segunda mulher  a governar o município.