JUIZ DECIDE MANTER PRISÃO DE PAULO BERNARDO E DEMAIS PRESOS NA OPERAÇÃO CUSTO BRASIL
  • 557
  • 0
  • 28/06/2016 
  • redacao
Foto: José Cruz / Agência Brasil

Foto: José Cruz / Agência Brasil

O juiz federal Paulo Bueno de Azevedo decidiu manter a prisão dos presos na Operação Custo Brasil, entre eles o ex-ministro Paulo Bernardo, o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira e o ex-secretário do prefeito paulistano Fernando Haddad (PT), Valter Correia. A decisão foi tomada após oitiva com o advogado Guilherme Gonçalves, nesta segunda-feira (27). A operação prendeu dez suspeitos de participação no esqeuma de corrupção que desviou cerca de R$ 100 milhões em um contrato de gestão de empréstimos consignados do Ministério do Planejamento durante a gestão PB, como Bernardo é conhecido, entre 2005 e 2011. De acordo com a Veja, o procurador da República Rodrigo de Grandis informou que os presos continuarão detidos na sede da Superintendência da Polícia Federal na Lapa, Zona Oeste de São Paulo, onde deverão ser ouvidos até o final desta semana. BN