UBATÃ: PREFEITURA ARREBATA INSTRUMENTOS MUSICAIS DE FANFARRA E GERA PROTESTO DE ESTUDANTES
  • 1.649
  • 0
  • 10/07/2016 
  • redacao

 

Os jovens se reuniram na Câmara de Vereadores  para protestar durante audiência

Os jovens se reuniram na Câmara de Vereadores para protestar durante audiência

Uma Audiência Pública realizada  na Câmara Municipal de Vereadores de Ubatã  na última quarta feira (06) para discutiu entre outros assuntos a agressão praticada por prepostos do governo Siméia Queirós  contra alunos carentes da Banda Marcial de Ubatã (BAMU). A agressão ocorreu no momento em os jovens treinavam na praça principal . Eles tiveram os instrumentos do “Programa Mais Educação” arrebatados por prepostos da prefeitura numa atitude revanchista e desrespeitosa contra alunos de baixa renda da periferia da cidade.  De acordo com o presidente, Junior Ferrar, o Projeto vinha  atendendo dezenas de crianças e prevenindo-as  contra os diversos problemas que a sociedade enfrenta, a exemplo da violência e o uso de álcool e entorpecentes.

Conselheira Tutelar, Diretor Regional da ACBFFB, Delegado Dr. Adelino Loyola  e Presidente da BAMU Júnior Ferrari

Conselheira Tutelar, Diretor Regional da ACBFFB, Delegado Dr. Adelino Loyola
e Presidente da BAMU Júnior Ferrari

 Já a  ACBFFB (Associação Cultural de Bandas e Fanfarras da Bahia),  e o  presidente,  Luiz Fernando informaram   que estão   em defesa da Banda Marcial e irão  buscar uma solução com o poder público estadual  o mais rápido possível, para  fortalecer   as políticas públicas voltadas para o incentivo à cultura no município de Ubatã. De acordo com o blog, Ubatã Realidade, a   Audiência Pública  contou com a participação de vários membros da sociedade civil organizada, entre os quais,  a coordenadora do Conselho Tutelar, Jane Clay, a coordenadora do Retrs, Itaciara Azevedo, o  Diretor Regional da ACBFFB (Associação Cultural de Bandas e Fanfarras da Bahia), Nilton Correia Filho, o Delegado Dr. Adelino Loyola, o vereador Tarcísio Muniz, o Presidente da BAMU Júnior Ferrari, e da comunidade em geral (jornaltribundaregiao.com.br)