EX-DESEMBARGADORES E ADVOGADOS SÃO ALVOS DE AÇÃO NA BAHIA
  • 690
  • 0
  • 04/10/2016 
  • redacao
Agente da PRF faz busca em casa de um dos investigados

Agente da PRF faz busca em casa de um dos investigados

Dois ex-desembargadores e três advogados foram conduzidos coercitivamente durante a “Operação Leopoldo”, deflagrada pelo Ministério Público da Bahia (MP) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta terça-feira, 4. A ação investiga um esquema criminoso de cobrança de propina envolvendo processos julgados no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

De acordo com o MP, os ex-desembargadores teriam cobrado vantagem ilícita para que fosse proferida decisão favorável para quem pagava os valores. O esquema envolveu mais de R$ 500 milhões.

Os advogados teriam intermediado a cobrança de propina e o pagamento dos valores por meio de contratos de honorários fictícios. Dois dos três advogados alvos da ação são parentes dos ex-desembargadores investigados.

Policiais rodoviários federais também realizam buscas em cinco imóveis em Salvador.

Policiais durante a durante a "Operação Leopoldo" (Foto: Divulgação | PRF)

Policiais durante a durante a “Operação Leopoldo” (Foto: Divulgação | PRF)