SERVIDORES DO MUNICIPIO DE JEQUIÉ ARREMESSAM OVOS EM VEREADORES DURANTE SESSÃO
  • 602
  • 0
  • 09/10/2014 
  • redacao
Sessão foi marcada por confusão e bate bocas.(Foto:Jequié Repórter)

Sessão foi marcada por confusão e bate bocas.(Foto:Jequié Repórter)

A sessão extraordinária da Câmara Municipal de Jequié, na noite desta quarta-feira (8), foi marcada por muita confusão e bate-boca entre vereadores e servidores públicos municipais, que retornavam ao prédio-sede do Poder Legislativo jequieense para acompanhar a discussão sobre o Projeto de Suplementação do orçamento do município, enviado a Casa pela prefeita Tânia Britto (PP), de mais de 22% no Orçamento Municipal. Na terça-feira (7), o Projeto teria sido apresentado em plenário, na presença dos servidores, que estão com os salários em atraso e a proposta foi encaminhada pelo presidente José Simões (PP0 para as Comissões de Justiça e Finanças para emitirem seus pareceres. Com a presença de dezenas de funcionários terceirizados e prestadores de serviços, não se chegou a um acordo nas propostas apresentadas por vereadores das bancadas da maioria e minoria. Revoltados com o impasse, servidores que acompanhavam a sessão arremessaram ovos em direção aos vereadores. Com a presença dos policiais, os manifestantes passaram a entoar, “ão,ão,ão polícia é pra ladrão”. Gradativamente vereadores e funcionários foram deixando o local. Informações do Jequié Repórter.A sessão extraordinária da Câmara Municipal de Jequié, na noite desta quarta-feira (8), foi marcada por muita confusão e bate-boca entre vereadores e servidores públicos municipais, que retornavam ao prédio-sede do Poder Legislativo jequieense para acompanhar a discussão sobre o Projeto de Suplementação do orçamento do município, enviado a Casa pela prefeita Tânia Britto (PP), de mais de 22% no Orçamento Municipal. Na terça-feira (7), o Projeto teria sido apresentado em plenário, na presença dos servidores, que estão com os salários em atraso e a proposta foi encaminhada pelo presidente José Simões (PP0 para as Comissões de Justiça e Finanças para emitirem seus pareceres. Com a presença de dezenas de funcionários terceirizados e prestadores de serviços, não se chegou a um acordo nas propostas apresentadas por vereadores das bancadas da maioria e minoria. Revoltados com o impasse, servidores que acompanhavam a sessão arremessaram ovos em direção aos vereadores. Com a presença dos policiais, os manifestantes passaram a entoar, “ão,ão,ão polícia é pra ladrão”. Gradativamente vereadores e funcionários foram deixando o local. Informações do Jequié Repórter.