MAIS DE 9 MIL IDOSOS E DEFICIENTES NA BAHIA CORREM RISCO DE PERDER BENEFÍCIOS
  • 162
  • 0
  • 11/08/2018 
  • redacao

Mais de 9.200 idosos e portadores de deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) na Bahia podem ter, nos próximos dias, os pagamentos suspensos por suspeita de fraude.No último cruzamento de informações, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) identificou que, na maioria dos casos irregulares, a renda per capita era superior a meio salário mínimo, o dobro do permitido pela legislação.

Descobriu-se também que muitos pagamentos estavam sendo feitos mesmo depois do falecimento do beneficiário.O MDS encontrou 115 mil benefícios irregulares em todo o país. Os seus titulares serão notificados por meio de agências bancárias. Após ser notificado, o beneficiário terá 10 dias para apresentar defesa ao Institucional Nacional do Seguro Social. Caso não seja notificado, o pagamento é bloqueado por um mês, até que o favorecido procure uma das agências do INSS.

O BPC repassa um salário mínimo por mês para pessoas com deficiência ou com mais de 65 anos que têm renda familiar menor do que um quarto de salário mínimo por pessoa, ou seja, R$ 238,50, atualmente.