CIDADES BAIANAS TERÃO QUEDA DE RECEITA EM 2019
  • 254
  • 0
  • 04/09/2018 
  • redacao

 

A Bahia é o estado com maior número de cidades afetadas pela queda de receita provocada pela nova estimativa populacional divulgada esta semana pelo Instituto Brasileiro de  Geografia e Estatística (IBGE). Segundo levantamento da Confederação Nacional dos  Municípios (CNM), são 135 cidades impactadas em todo o Brasil, 56 delas na Bahia,equivalente a 41,4% do total.

Essas localidades terão reduzido o coeficiente do  Fundo de Participação dos Municípios (FPM), repasse federal que é a principal fonte  de receita das cidades pequenas e médias. O segundo estado mais impactado foi o  Paraná, onde 15 cidades vão ter queda do FPM a partir de 2019. Depois aparecem  Minas Gerais e Rio Grande do Sul, com 13.

Por outro lado, 105 municípios vão ter aumento no FPM por terem  registrado elevação da população, segundo o IBGE. Contudo, a Bahia, ao lado de  outros seis estados, não teve nenhuma cidade entre as que vão  ganhar mais recursos. São Paulo é o estado com mais localidades que terão aumento  dos repasses, com 15, seguido pelo Rio Grande do Sul (14).