CANOÍSTAS DE UBAITABA CONQUISTAM 17 MEDALHAS NA COPA DO BRASIL
  • 483
  • 0
  • 01/04/2019 
  • redacao

Os canoístas Filipe Santana, Evandilson Neto e Diego Nascimento conquistam ouro, prata e bronze

Os atletas da Associação Cacaueira de Canoagem, entidade que tem sede em Ubaitaba, estão entre os destaques da Copa Brasil de Canoagem de Velocidade e Paracanoagem, competição realizada no fim de semana na Raia Olímpica da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo. A delegação composta de 18 canoístas conquistou cinco medalhas de ouro, quatro de prata e oito de bronze.

 

Delegação já está de volta a Ubaitaba

Logo na sexta-feira (29), primeiro dia de competição, ganhou oito medalhas com os canoístas Milton Luz (prata na categoria C1 1000 m Sênior), Sávio Jerlan (bronze no C1 1000 m Sênior), Filipe Santana (ouro C1 1000 m Jr), Evandilson  Neto (bronze C1 1000 m Jr),  Áquila de Jesus (bronze C2 1000 Cadete), Vitor Mendonça, que ficou entre os primeiros colocados em categorias diferentes. O canoísta foi terceiro na C1 1000 cadete, mesma colocação no C2 1000 cadete.

Durante a competição, o canoísta Milton Luz voltou ao pódio mais duas vezes para ser premiado com prata no C1 200 m Sênior na C1 500 m Sênior, categoria em que Sávio Jerlan foi terceiro colocado. Sávio conquistou ainda medalha de ouro na C1 200 m Sênior. O aumento no número de  de medalhas seguiu com Vitor Mendonça e Hebert Santana, que ficaram com ouro no C2 500 m cadete. Vitor conquistou ainda um bronze no C1 500 m cadete.

O show da canoagem do sul da Bahia prosseguiu com Andréa Oliveira, Ângela Elias (ouro C2 500 m feminino Sênior); Beatriz Ataíde e Tatilane Almeida (prata C2 500 Sênior), Luciana Costa e Camila Lima (bronze no C2 500 Sênior). Andréa Oliveira e Ângela Elias foram destaques também no C1 200, conquistando prata e bronze, respectivamente. A lista de destaque tem ainda paracanoísta Nayara Falcão, que ficou com a prata na K1/L2.

Os atletas da Associação Cacaueira de Canoagem viajaram com apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), Prefeitura de Ubaitaba e José Carlos Lona. Além de atleta, Luciana Costa é técnica.