ATIRADOR QUE INVADIU ESCOLAS NO E.SANTO É FILHO DE PM E USOU ARMA DO PAI
  • 1.096
  • 0
  • 26/11/2022 
  • redacao

Ele matou dois professores e uma crianças/Foto: Christiano Antonucci/Secom-MT

O adolescente de 16 anos que invadiu escolas e matou dois professores e um aluno da cidade de Aracruz (ES), é filho de um policial militar e usou usou as armas e o carro do pai no atentado a tiros que matou hoje três pessoas — duas professoras e uma aluna de 12 anos — e feriu outras 11 em duas escolas de Aracruz (ES), segundo a polícia.
O jovem foi apreendido na casa da família. Imagens feitas por câmeras de segurança registraram o ataque na cidade do litoral norte capixaba, a 81 quilômetros de Vitória, capital do Espírito Santo. O atirador usava macacão e um chapéu camuflados, uma máscara com sorriso de caveira e um cinto preto em volta da cintura, aparentemente preparado para guardar munições. Segundo a polícia, ele planejou o crime por dois anos.
O jovem de 16 anos usou duas armas do pai, um tenente da Polícia Militar. Uma delas era uma pistola da corporação. A outra, um revólver particular. O veículo usado no crime, um Renault Duster com as placas cobertas, também pertence ao pai do atirador.
Na escola municipal que registrou o primeiro ataque, duas mortes foram confirmadas: a da professora de matemática Cybelle Passos Bezerra Lara, 45, e a da docente da área das artes Maria da Penha Pereira de Melo Banhos, 48.