CIGANO É MORTO A TIROS ENQUANTO AGUARDAVA ATENDIMENTO EM CLINICA
  • 1.354
  • 0
  • 09/03/2015 
  • redacao
O crime aconteceu por volta das 8h30 e foi testemunhado por cerca de vinte pessoas que esperavam atendimento no local

O crime aconteceu por volta das 8 h 30 min e foi testemunhado por cerca de vinte pessoas que esperavam atendimento no local

Um cigano foi morto a tiros em frente a uma clínica médica no bairro de Pitangueiras, em Lauro de Freitas, na manhã desta segunda-feira (9). Gildázio Batista de Melo, 47 anos, chegava à clínica acompanhado de uma mulher quando foi surpreendido por um homem que já o aguardava próximo ao estacionamento.

De acordo com testemunhas, Gildázio foi atingido por quatro tiros, todos na região da cabeça. O crime aconteceu por volta das 8h30 e foi presenciado por cerca de vinte pessoas que também aguardavam atendimento. Houve muita correria no local e, por conta disso, uma das vidraças da clínica quebrou e o atendimento foi suspenso durante todo o dia.

O homem que efetuou os disparos fugiu do local na companhia de um comparsa, que chegou em uma moto logo após o crime. Ainda não há informações sobre a motivação, nem sobre a autoria do homicídio. Imagens de câmeras de segurança da clínica e de estabelecimentos comerciais próximos foram solicitadas a fim de ajudar nas investigações.

De acordo com a polícia, a mulher que acompanhava o cigano não foi identificada e ainda será ouvida. O caso segue sob responsabilidade da 23ª Delegacia de Polícia Civil de Lauro de Freitas.

*Com informações de Diogo Costa