RICARDO TEIXEIRA MOVIMENTOU R$ 464 MILHÕES EM 04 ANOS
  • 657
  • 0
  • 02/06/2015 
  • redacao
Polícia Federal indiciou o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira pelos crimes de falsificação de documento público,

Polícia Federal indiciou o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira pelos crimes de falsificação de documento público,

Polícia Federal indiciou o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira pelos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica, evasão de divisas e lavagem de dinheiro. O ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell também foi indiciado por falsificação de documento público e ocultação de informações. Como moravam no exterior, a PF indiciou Teixeira e Rosell sem a presença deles. Os dois, contudo, conforme o inquérito, “tomaram conhecimento dos fatos e não tiveram interesse em desmentir”.O Coaf, órgão de investigação financeira do Ministério da Fazenda, registrou movimentação atípica de Ricardo Teixeira dentro do Brasil de R$ 464,5 milhões entre 2009 e 2012. Somente num dos negócios ilícitos, segundo a PF, os dois ex-dirigentes teriam ganhado R$ 45 milhões, metade do valor para cada um.O inquérito não tem relação imediata com o escândalo de corrupção da Fifa, mas, conforme investigadores ouvidos pelo Estado, pode dar subsídios à apuração que está em curso nos Estados Unidos e culminou com a prisão de dirigentes da entidade maior do futebol mundial em Zurique na última semana. (Correio Brasiliense)