PAN DE TORONTO: ISAQUIAS QUEIROZ DE UBAITABA COMEMORA OURO E PRATA CONQUISTADOS NA CANOAGEM
  • 1.526
  • 1
  • 13/07/2015 
  • redacao

Após a conquista, o atleta bicampeão mundial comemorou muito o resultado. "Estou representando o meu país, o Time Brasil

Após a conquista, o atleta bicampeão mundial comemorou muito o resultado. “Estou representando o meu país, o Time Brasil

(por Ulisses Gama)

Representando a Bahia e o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá,  Isaquias Queiroz conseguiu a medalha de ouro na disputa da canoagem de velocidade na na categoria C1 1000m na manhã desta segunda-feira (13), superando o canadense Mark Oldershaw e o mexicano Jose Cristobal. Após a conquista, o atleta bicampeão mundial comemorou muito o resultado. “Estou representando o meu país, o Time Brasil. Para mim, é um orgulho muito grande levar essa primeira medalha de ouro para o Brasil na canoagem. Estou muito satisfeito e espero que venham mais”, afirmou. Logo após, o baiano conquistou uma medalha de prata junto ao conterrâneo Erlon Silva, pela categoria c2 1000. Agora, o Brasil ocupa o 5º lugar no quadro de medalhas dos Jogos. São cinco medalhas de ouro, cinco de prata e sete de bronze, totalizando 17 prêmios.


  1. Silvano neto disse:

    Desde já parabéns a todos os atetlas e ex atetlas e diverssas pessoas que fazem parte do dia -a dia da Canoagem em nossa cidade Muitas vezes falta estrutura para os atletas por parte da Prefeitura de Ubaitaba .
    No aniverário de 82 anos de emancipaçã politica de Ubaitaba o governo municipal vai Homenagear a Canoagem pelos seus 30 anos de Histórias .
    Canoagem de Ubaitaba sem estrutura mínima, esporte a cada dia surge um Campeão mais mesmo assim os atletas sofrem muito por falta de uma boa estrutura por parte da Prefeitura do município .
    A equipe de reportagens da revista “ISTO É 2016” veio a Ubaitaba fazer matéria sobre a canoagem. A equipe formada pela jornalista Mariana Bastos a motivação para matéria surgiu após uma conversa com o campeão mundial Isaquias Queiróz em Cingapura, a partir daí, a repórter se interessou pela historia dos canoístas e pela ligação do município com a prática do esporte. Após pesquisas na internet, onde em uma das buscas encontrou a matéria produzida pelo Jornal Tribuna da Região intitulada “Campeões Mundiais Surgem da Sucata,” a repórter resolveu vir até o município para conhecer de perto a realidade dos atletas.