POPICIAIS RODOVIÁRIOS FEDERAIS ENTRAM EM ESTADO DE GREVE
  • 225
  • 0
  • 15/07/2015 
  • redacao

Os agentes pretendem fazer caminhada na BR-324 e apagão nas estradas, por exemplo, para que suas demandas sejam atendidas.

Os agentes pretendem fazer caminhada na BR-324 e apagão nas estradas, por exemplo, para que suas demandas sejam atendidas.

Os Policiais Rodoviários Federais da Bahia aprovaram por unanimidade o Estado de Greve da categoria após uma Assembleia Geral Extraordinária realizada na segunda-feira (13), na sede do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais da Bahia (Sinprf), no Porto Seco Pirajá. Além da greve, os agentes aprovaram outros itens, a fim de pressionar o governo federal a conceder melhores condições de trabalho aos servidores, maior número de efetivo de policial e a reestruturação da carreira da classe. “A categoria está unida, até porque, temos lutado desde o mês de fevereiro, e o governo continua irredutível perante a solicitação dos trabalhadores, e por isso que hoje aqui, juntamente com os companheiros aprovamos o estado de greve”, disse o presidente do Sinprf, Jorge Falcão. Os policiais reivindicam melhorias das condições de trabalhos, a exemplo dos itens de segurança; aumento no efetivo; e melhorias nas condições salariais, “pois a maioria dos PRFS têm nível superior, porém a remuneração continua defasado, quando se a outras carreira de Estado [sic]”. De acordo com o sindicalista, apenas 10 mil vagas para a PRF estão ocupadas; deste total de servidores, 30% pode se aposentar a qualquer momento. “Até o meado de agosto nós do Sinprf – BA, promoveremos algumas ações; caminhadas na BR, doção de sangue, as cruzes nas estradas simbolizando os companheiros mortos durante o exercício de suas funções, dentre outras, com o objetivo de pressionar o governo a atender as nossas solicitações”, concluiu o presidente do Sinprf. Os agentes pretendem fazer caminhada na BR-324 e apagão nas estradas, por exemplo, para que suas demandas sejam atendidas. (Rede Brasil de Noticiais)