APÓS SER CHAMADA DE ‘NAMORADEIRA’, MINISTRA JOGA VINHO NA CARA DE JOSÉ SERRA
  • 557
  • 0
  • 11/12/2015 
  • redacao

SEERINHA

A senadora licenciada e ministra da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB), reagiu a uma atitude considerada machista e jogou vinho na cara do senador José Serra (PSDB). O “barraco” aconteceu durante a festa de final de ano na casa do senador Eunício Oliveira (PMDB). Serra chamou Kátia Abreu de “namoradeira”.

Casada há quase um ano, Kátia não gostou e reagiu jogando vinho na cara do senador. A revelação da atitude machista do senador foi feita pela colunista Mônica Bergamo, da Folha. “Eu fiz o que qualquer mulher honrada faria. Respondi à altura de quem preza a sua honra”, disse Kátia Abreu.

A ministra e senadora estava em uma roda com colegas, quando Serra se aproximou e disse “Kátia, dizem por aí que você é muito namoradeira”. À atitude de Serra, Renan Calheiros, presidente do Senado, corrigiu: “Serra, a ministra se casou neste ano”.

A ministra afirma ter dito ao senador tucano que ele era “homem deselegante, descortês, arrogante, prepotente. É por isso que você nunca chegará à Presidência da República”. A senadora disse ter completado com a afirmação de que nunca traiu ninguém em sua vida.

Após jogar vinho na cara do tucano, a ministra mandou outro recado: “Nunca lhe dei esse direito nem essa ousadia. Por favor, saia dessa roda, saia daqui imediatamente”. Serra admitiu ter dito à senadora que ela era “namoradeira”. E afirma que estava apenas elogiando a colega de Senado que, por enquanto, é ministra da Agricultura.