MARIA LUZINEIDE E BRUNO CARRA FATURAM PRIMEIRAS MEDALHAS DE OURO NA COPA DO MUNDO DE HALTEROFILISMO PARAOLÍMPICO
  • 3.213
  • 0
  • 21/01/2016 
  • redacao
 Maria Luzineide sagrou-se campeã da disputa

Maria Luzineide sagrou-se campeã da disputa

O Brasil conquistou suas duas primeiras medalhas de ouro na Copa do Mundo de Halterofilismo paralímpico. Maria Luzineide sagrou-se campeã da disputa que unificou atletas das classes entre 41 e 61kg enquanto Bruno Carra foi o melhor da classe até 54kg masculina. A competição teve início nesta quinta-feira, 21, e ocorrerá até sábado, 23, na Arena Carioca 1, localizada no Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro.
Luzineide, que compete na divisão até 45kg, ergueu 83kg em sua segunda tentativa. Como a disputa envolvia atletas de mais de uma classe, um coeficiente foi utilizado para mensurar as performances. A brasileira ficou com o ouro com 92,58 pontos. Em segundo lugar, veio a chilena Camila Campos (até 55kg), que levantou 86kg, o que equivale a 88,23 pontos. Fechou o pódio a sul-africana Chantell Stierman (até 59kg), que ergueu 87kg, o que rende  85,46 pontos.
“Este resultado me deixa confortável com o meu desempenho. Mas a intenção é melhorar ainda mais a minha marca na próxima etapa da Copa do Mundo. Sei que posso chegar ainda mais longe. Eu tentei erguer 87kg aqui, treinei para isso, mas infelizmente não deu.  De qualquer forma, quero melhorar esta tentativa”, disse Maria Luzineide.
Já Bruno Carra teve o melhor desempenho entre os atletas com até 54kg. A conquista foi assegurada logo em sua primeira tentativa, na qual ergueu 160kg. Em seguida, tentou levantar 163kg em duas ocasiões, mas não obteve sucesso. A segunda posição foi para o cubano Cesar Rubio, que registrou 140kg, enquanto o terceiro lugar foi para o também brasileiro João Maria França, com 135kg.
“Ter um resultado assim mostra que nosso trabalho está no caminho certo, que é só continuar na preparação que a gente vem fazendo, nos próximos meses, que conseguiremos um bom resultado mais adiante também. A estrutura da competição está excelente, tanto a parte de treinamento quanto a área de aquecimento. Tudo ótimo”, disse Bruno Carra.
Outras duas classes fecharam o programa desta quinta-feira. Na divisão até 49kg, vitória do húngaro Nador Tunkel, com 151kg. Ele competiu apenas ao lado do japonês Hiroshi Miura, que foi medalhista de prata com 90kg. Por fim, entre atletas até 59kg, o melhor foi o chileno Juan Carlos Garrido, que levantou 186kg. A prata foi para o compatriota  Jorge Carinao, com 142kg. O bronze ficou com o argentino Pablo Daniel Melgar, da Argentina, com 122kg.
Nesta sexta-feira, 22, serão disputadas categorias masculinas até 65kg, 72kg, 80kg e 88kg. As provas começam às 11h.
Vale ressaltar que a etapa do Rio de Janeiro da Copa do Mundo é uma das últimas competições válidas para se obter marcas para o ranking mundial, critério classificatório para os Jogos do Rio-2016. Homens precisam estar entre oito melhores do mundo, e mulheres têm de estar entre as seis mais bem colocadas no dia 29 de fevereiro, quando encerra-se o período de qualificação.
Copa do Mundo de Halterofilismo
A etapa do Rio da Copa do Mundo servirá como teste para operações e instalações da Arena Carioca 1, no Parque Olímpico. O evento será aberto para a imprensa credenciada de 21 a 23 de janeiro e o atendimento aos jornalistas será sempre a partir das 10h.
A imprensa terá a entrada no Parque pelo portão 7. Os veículos não poderão ficar estacionados dentro do Parque Olímpico, e serão autorizados a entrar apenas para o desembarque no portão 8 da Arena.
Assessoria de Imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro na Copa do Mundo de Halterofilismo