JOVEM COM PARALISIA CEREBRAL E SUA MÃE SE FORMAM EM DIREITO
  • 9.008
  • 0
  • 26/02/2016 
  • Redação
Cristian e a mãe se formaram em direito no último dia 16, em Natal (RN) - See more at: http://atarde.uol.com.br/educacao/noticias/1749955-jovem-com-paralisia-cerebral-e-sua-mae-se-formam-em-direito#sthash.txVInCNH.dpuf

Cristian e a mãe se formaram em direito no último dia 16, em Natal (RN) – See more at: http://atarde.uol.com.br/educacao/noticias/1749955-jovem-com-paralisia-cerebral-e-sua-mae-se-formam-em-direito#sthash.txVInCNH.dpuf

Cristian Emanuel Oliveira de Vasconcelos, 24 anos, que é cego e tem paralisia cerebral, deu o primeiro passo para realizar seu sonho, que é ser promotor de Justiça. Ele se formou em direito, em uma faculdade privada, na cidade de Natal (RN). A cerimônia ocorreu no último dia 16.

O detalhe é que Cristian não se tornou bacharel em direito só. Junto com ele, a mãe, Nilda de Oliveira e Silva, 60 anos, também se graduou na mesma área, acompanhando o sonho do filho.

“Meu sonho é ser promotor de Justiça, mas sonho também em enxergar e andar. Um dia conseguirei realizar esses sonhos porque, para mim, nada é impossível”, afirmou ele, que já foi aprovado também no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A mãe do mais novo advogado de Natal também não esconde o contentamento com a vitória do filho e o estímulo que teve para voltar à faculdade. “Comecei como acompanhante de Cristian, mas logo depois, senti a necessidade de estudar junto com ele porque não bastava só ler. Ele interpretava e debatia o assunto comigo”, disse ela.

E Christian é grato a mãe: “Se não fosse a ajuda da minha mãe, eu não teria conseguido fazer o curso”. Mas como conquistou esta meta, ele agora pensa em outras, como ajudar pessoas na mesma situação que ele. “Eu quero atuar na área criminalística, e também no cumprimento dos direitos da pessoa com necessidade especial”, pontuou. As informações são do site Uol.