UBAITABA: ABATE CLANDESTINO DE SUÍNOS COLOCA EM RISCO A SAÚDE DA POPULAÇÃO
  • 1.254
  • 0
  • 23/03/2016 
  • redacao
O animal é abatido sem nenhuma condição de higiene

O animal é abatido sem nenhuma condição de higiene (Foto: H. Hugo)

Por falta de fiscalização firme do Ministério Público e dos serviços de inspeção sanitária da Secretaria Municipal de Saúde, a população de Ubaitaba e Aurelino leal vem correndo  sérios riscos de consumir carnes contaminadas. O abete clandestino ocorre à luz do dia nas margens do rio das Contas, próximo a praça da Feira, onde a carne é comercializada livremente. Os suínos ficam amontoados nas margens dom rio sem a mínima condição de higiene.

Os animais antes de serem abatidos ficam todo tempo junto de entulhos e lixos

Os animais antes de serem abatidos ficam todo tempo junto de entulhos e lixos (Foto: H. Hugo)

 O prefeito municipal, Asclepíades de Almeida Queirós (Beda-PMDB),  em seu plano de governo para o terceiro mandato anunciou que a construção de um Matadouro Municipal seria prioridade. É  absurdo afirmar-se que toda carne que é  consumida, em Ubaitaba e região, tanto suína quanto bovina,  seja proveniente de matadouros clandestinos. A conseqüência mais grave do abate clandestino é a exposição da população aos riscos de doenças, muitas delas graves, como a neurocisticercose, responsável pela morte de 50.000 pessoas por ano em todo o mundo, segundo dados da Organização Mundial de Saúde. (Fonte: jornaltribunadaregiao. com.br)