POLÍCIA JÁ TEM SUSPEITO DE MATAR SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE SANTO ESTEVÃO
  • 541
  • 0
  • 04/04/2016 
  • Redação
José Agnaldo estava com as mãos amarradas (Foto: Reprodução/Facebook)

José Agnaldo estava com as mãos amarradas
(Foto: Reprodução/Facebook)

A Polícia Civil já possui pistas dos responsáveis pelo assassinato do professor e secretário de educação do município de Santo Estevão José Agnaldo Barreto de Almeida, 41 anos, encontrado morto dentro de sua própria casa na manhã desta segunda-feira (4), no município de Santo Estêvão, macrorregião de Feira de Santana.

Segundo o delegado João Uzzum, titular da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Feira), já existe uma linha de investigação definida para o crime, mas não será divulgada para não atrapalhar as investigações e a identificação da localização dos suspeitos. O delegado informou, no entanto, que o crime não possui motivação política.

“Já foi realizado todo o trabalho inicial. Já existe uma linha de investigação definida. As perícias foram feitas tanto na casa quanto no veículo. Já foram coletados muitos documentos importantes. Já existem suspeitos, mas a motivação do crime nós não iremos fornecer para não atrapalhar as investigações”, disse. “Estamos próximos de elucidar o crime. Não iremos divulgar mais detalhes para não atrapalhar as investigações, as informo que não há motivação política”, completou.

Ainda de acordo com Uzzum, um Força Tarefa entre a 1ª Coorpin, Delegacia de Santo Estêvão e policiais do Departamento de Polícia do Interior foi montada para apurar o caso. As equipes continuam na rua coletando informações.

Carro encontrado
Ainda na manhã desta segunda-feira, o carro de José Agnaldo foi encontrado atrás de um cemitério do município. De acordo com a polícia, uma equipe do Departamento de Polícia Técnica realizou perícia no veículo para localizar digitais de possíveis suspeitos. Além do carro, também foram roubados dois celulares do secretário de educação.

No momento em que foi encontrado, José Agnaldo estava com as mãos amarradas e os móveis da casa estavam revidados. Ele era formado em história pela Universidade Estadual de Feira de Santana e mestre em Políticas Públicas, Gestão do Conhecimento e Desenvolvimento Regional pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Em nota, o Departamento de Ciências Humanas e Filosofia da Uefs lamentou a morte do professor. “O Departamento de Ciências Humanas e Filosofia da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) vem a público lamentar a morte do secretário de Educação do município baiano de Santo Estevão, José Agnaldo Barreto de Almeida”. Já a Uneb informou que José concluiu o mestrado no ano de 2012.

Protesto
No final da manhã de hoje, moradores de Santo Estevão queimaram pneus na BR 116 em protesto conta da morte do secretário. A manifestação teve início às 11h e durou cerca de 30min. A ação foi contida por equipes da Polícia Rodoviária Federal. (CORREIO)