AEDES AEGYPTI: SURTO DE FEBRE AMARELA É “AMEAÇA AO MUNDO”, SEGUNDO OMS
  • 2.010
  • 1
  • 19/04/2016 
  • Redação
 De acordo com a entidade, há um maior risco em países com grande proliferação do mosquito Aedes aegypti, a exemplo do Brasil

De acordo com a entidade, há um maior risco em países com grande proliferação do mosquito Aedes aegypti, a exemplo do Brasil

A Organização Mundial da Saúde afirmou nesta segunda-feira (18) que o surto de febre amarela que já matou 238 pessoas em Angola, na África, pode ser uma “ameaça para o mundo inteiro”. De acordo com a entidade, há um maior risco em países com grande proliferação do mosquito Aedes aegypti, a exemplo do Brasil. Em comunicado, a OMS informou que 16 das 18 províncias do país africano já foram afetadas pelo surto, que teve início em dezembro de 2015, em Luanda, segundo o jornal O Globo. “A evolução da situação em Angola é preocupante e deve ser monitorada”, diz o relatório. A OMS ressaltou que há “uma urgente necessidade de fortalecer a qualidade da resposta em Angola”, assim como aumentar o controle de imunização de viajantes da região afetada pelo vírus.


  1. olga tannus simões disse:

    Ontem um agente da Secretaria de Saúde esteve aqui em casa, pediu para entrar, pedi a identificação, ele não tinha, disse que não iria permitir a entrada, expliquei dos assaltos que estão ocorrendo mesmo com identificação, inclusive fardados da marinha. Hoje apareceram 2, um identificou-se como supervisor, pedi identificação, não tinham, pedi desculpas e fechei o portão. O supervisor disse: é professora, de dentro de casa respondi, que por isso, e por ser informada, sem identificação não iriam entrar.
    Ano passado a maioria das pessoas sabem que fui agredida 2 vezes na minha porta, sou solteira, moro só, diante de tanta violência não irei me expor.
    A Secretaria de Saúde que providencie crachás de identificação, sem ele, nenhum agente entrará na minha residência.