RUI ENTREGA TRECHO RECUPERADO DA BA-375 EM CALDEIRÃO GRANDE
  • 285
  • 0
  • 15/12/2016 
  • Redação
ruiokok
O Governo do Estado recuperou 40 quilômetros da Rodovia BA-375, no trecho entre Saúde e Caldeirão Grande, no entroncamento da BR-407. A entrega da obra, que beneficia 117 mil habitantes, foi realizada nesta quinta-feira (15), pelo governador Rui Costa. “Na Bahia, é mais caro fazer estradas, levar água, garantir o policiamento. Então, a gente tem a exata dimensão do esforço que a Bahia está fazendo para entregar, entre outras coisas, essa estrada, que custou quase R$ 15,5 milhões”.
Rui entregou ainda uma unidade da Farmácia da Bahia, para distribuição de medicamentos. Já foram inauguradas 38 unidades no estado, beneficiando cerca de 450 mil pessoas. O programa oferece armazenamento adequado para os medicamentos, além de contar com farmacêuticos para orientar a população. Os primeiros alvos são 46 cidades baianas de até 15 mil habitantes, em um investimento estimado em R$ 5,3 milhões, por parte da Bahiafarma, entre a construção das unidades e a aquisição de equipamentos. Os investimentos contam com contrapartida dos municípios.
Bahia Produtiva
O governador também autorizou mais um convênio do Programa Bahia Produtiva, dessa vez com a Associação Quilombola de Raposa. O convênio vai beneficiar cerca de 100 famílias de Caldeirão Grande, com a compra de um veículo utilitário tipo pick-up, com uma cozinha comunitária e o desenvolvimento de quintais agroflorestais, com plantas alimentares, condimentares, medicinais, ornamentais, além de uma criação de animais de pequeno porte. O investimento total é de R$ 258 mil.
“Eu acredito que a Bahia não vai se desenvolver sem a agricultura familiar. Se o pequeno agricultor produzir mais e ganhar mais, vai gastar mais na cidade, e a renda das pessoas na cidade também vai melhorar. Por isso também assinei aqui um edital de R$ 3 milhões para a cadeia produtiva do licuri. Nós precisamos aumentar o valor agregado da produção, melhorar a venda. Os agricultores podem procurar as associações, a CAR ou a SDR para saber como concorrer nos editais”, revelou Rui Costa.  (ASCOM)
Fotos: Manu Dias/GOVBA