TESTEMUNHA DE MORTE DE POLICIAL EM VALENÇA DEVE SER OUVIDO NESTA SEGUNDA
  • 330
  • 0
  • 26/12/2016 
  • Redação
Foto: Reprodução / Livre Notícia

Foto: Reprodução / Livre Notícia

O soldado João Feitosa da Silva Plínio Júnior deverá ser ouvido ainda nesta segunda-feira (26) no caso do assassinato do policial militar Rogério Souza da Silva. A dupla foi atacada por uma quadrilha de tráfico de drogas que atua no bairro Tento, em Valença, na noite deste domingo (25), quando levantava informações na região. Rogério morreu no local e João foi atingido no estômago, socorrido ao Hospital de Santo Antônio de Jesus, e deve ter alta médica nesta segunda. Dois suspeitos de envolvimento no crime, Adriano Bispo da Conceição e Rafael Ramos do Espírito Santo, morreram em confronto com policiais da 33ª Companhia Independente da Polícia Militar ainda na noite de domingo. Leandro Santos de Almeida e outra pessoa não identificada, também envolvidas no crime, tentaram fugir de barco, mas foram alcançados no atracadouro de Valença, entraram em confronto com a polícia, foram atingidos e não resistiram aos ferimentos. Um quinto integrante da quadrilha também resistiu à prisão e morreu no final da manhã desta segunda. A polícia busca agora pelos irmãos Luciano de Iara e Cláudio de Iara, além de outro envolvido identificado como Danico. O policial será sepultado às 16h desta segunda, no Cemitério Alto do Campinho, em Valença. BN