BAHIA: CIGANOS SUSPEITOS DE ENVOLVIMENTO NA MORTE DE PM SÃO PROCURADOS
  • 249
  • 0
  • 22/11/2017 
  • Redação

Jelson da Silva e um dos filhos dele, Rogério, estão foragidos (Foto: Divulgação)

Os suspeitos de envolvimento na morte do policial militar, José Bonfim Lima, tiveram os nomes divulgados nesta terça-feira (21) e estão sendo procurados pela Polícia Civil, segundo informações do delegado que investiga o caso, Ailton José de Souza. O crime ocorreu no dia 2 de novembro, na cidade de Jeremoabo, no norte da Bahia, após uma briga em um bar da cidade. Na ocasião, dois ciganos morreram. A polícia apura o que pode ter provocado a discussão.

Bruno Jordão, filho de Jelson é outro suspeito (Foto: Divulgação)

Conforme disse o delegado, Jelson da Silva, o “Gelson Cigano”, os filhos dele, Bruno Jordão Matos da Silva e Rogério Matos da Silva, além de Cosme de Jesus Silva e Carlos Daniel dos Santos Lima, que não são ciganos, já estão com mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça e são considerados foragidos. De acordo com as investigações, o PM brigou no bar com os filhos de Jelson, que não estava no estabelecimento. Houve luta corporal e um dos homens tomou a arma do policial, fugindo em seguida. Portando uma segunda arma, José foi à casa de Jelson e dos filhos. No local, houve uma troca de tiros, que resultou na morte do soldado. (G1)