DEPENDENTES DIGITAIS
  • 104
  • 0
  • 12/08/2017 
  • Redação
Role-Playing Game (RPG), Xbox 360, PlayStation, Facebook, Instagram, Snapchat, WhatsApp, Candy Crush Saga…As tentações virtuais são diversas e surgem a uma velocidade difícil de acompanhar. Enquanto a maioria das pessoas faz uso moderado para se comunicar ou entreter, muitas imergem nos bits e bytes e não conseguem se desconectar. O vício tecnológico é um problema sério, semelhante às dependências químicas, alertam especialistas. Tanto que a Organização Mundial da Saúde (OMS) avalia incluir o vício em jogos eletrônicos como transtorno psiquiátrico, dentro da Classificação Internacional de Doenças (CID). O que é saudável ou não, quando é preciso buscar ajuda para combater a dependência e evitar que o virtual tome conta da vida real do usuário. O que dizem os aficionados, a academia, pesquisadores, onde buscar auxílio. O Diário do Nordeste aborda a questão.  (Diário do Nordeste)