FELICIANO É CONDENADO A RETIRAR DO AR VÍDEO QUE USA IMAGEM E LETRAS DE CAZUZA
  • 324
  • 0
  • 10/11/2017 
  • redacao

Foto: Divulgação

A 52ª Vara Cível do Rio de Janeiro determinou que Marco Feliciano (PSC) retire do ar um vídeo em que usa a imagem e uma frase de Cazuza, sob a alegação de que o deputado federal não tem autorização para o uso e distorceu o contexto das música “O Tempo não Para”. A mãe do cantor, Lucinha Araújo, se declarou “indignada” por Feliciano usar parte da letra da canção “para propagar as ideias erradas”. “O que meu filho acreditava é totalmente oposto ao que ele acredita. Se Cazuza estivesse vivo, acharia isso um desaforo”, desabafou Lucinha ao jornal O Globo. Nesta sexta-feira (10) a decisão judicial determinou que Feliciano retire o vídeo do ar, sob pena de multa, que pode chegar a R$ 200 mil. No vídeo, o deputado ataca novelas da Rede Globo, acusando a emissora de “incentivar seu filho a ser gay ou lésbica” e, em seguida, cita de forma errada o trecho “Transformamos o país em uma zona, pois assim se ganha mais grana”. (Os versos corretos são “Transformam o país inteiro num puteiro / Pois assim se ganha mais dinheiro”). Em resposta, o deputado se disse “vítima da mídia” e afirmou nunca ter se “expressado mal contra gays”. O vídeo foi apagado, mas o pastor declarou que vai publicar uma nova versão, sem o trecho da música de Cazuza.