NETO DIZ QUE RUI NÃO CONSEGUIU EMPRÉSTIMO COM O BB POR ‘INCOMPETÊNCIA’
  • 150
  • 0
  • 11/11/2017 
  • Redação

por Guilherme Ferreira / Rebeca Menezes

Foto: Guilherme Ferreira/ Bahia Notícias

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), aproveitou seu discurso durante a convenção estadual do PSDB, neste sábado (11), para alfinetar o governador Rui Costa (PT). Segundo o democrata, o petista não teve “competência” para conseguir o empréstimo de R$ 600 milhões com o Banco do Brasil – o governo do Estado acusa Neto de ter interferido para impedir a liberação do dinheiro. “Se [Rui] não teve acesso ao empréstimo, é por incompetência. É porque faltou alguma coisa que garantisse ao governo viabilizar os recursos. Mas eu quero fazer uma distinção muito clara. Eu governei Salvador por quatro anos sem apoio de ninguém, nem do governo federal, nem do governo do estado”, defendeu, logo após dizer que o problema de Segurança Pública do estado era fruto da “falta de autoridade e de pulso firme” de Rui. Neto sugeriu ainda que passou por uma situação semelhante quando chegou à prefeitura pela primeira vez. “Quando eu cheguei aqui, as ruas de Salvador estavam completamente esburacadas. Eu lembro que no começo do governo cheguei a dialogar com o então governador, Jaques Wagner, para viabilizar um empréstimo da Desenbahia, nos ajudando naquele momento inicial a viabilizar recursos para o recapeamento da capital. Vocês acham que o empréstimo saiu?”, ironizou. Após ser chamado diversas vezes, durante o evento, de futuro governador, Neto ainda brincou sobre como o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (PSDB), estava feliz com a aliança dos partidos – já que assumiria a prefeitura caso o democrata decida disputar a vaga de governador do estado. “A Bahia tem que ser líder desse país e não será com o governador Rui Costa. Não será com ele, mas será com todos nós juntos. João, nós vamos construir isso. Bruno chega dá um sorriso ali. Não sei porque”, disse, sob risos dos presentes.