AURELINO LEAL: CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FORMULA PROPOSTAS PARA ATUAÇÃO
  • 281
  • 0
  • 13/03/2018 
  • redacao

A prefeita Liu Andrade falou da importância do evento para o município

Com o objetivo promover a Consolidação do Sistema Nacional de Educação e o Plano Nacional de Educação, a Prefeitura de Aurelino Leal em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Semed, realizou nesta terça-feira, 13, a 1ª Conferência Municipal de Educação – 2018. De caráter deliberativo, o evento é preparatório para as etapas estadual e nacional. Durante todo o dia, encontro teve a participação de professores, gestores e autoridades locais.

Realizado na quadra da Escola Amí Barbosa, a Conferência abordou o tema “A Consolidação do Sistema Nacional de Educação – SNE e o Plano Nacional de Educação – PNE: monitoramento, avaliação e proposição de políticas para a garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”.

Durante a manhã foi realizada a abertura com a prefeita Liu Andrade, em seguida a Professora Solange fez leitura do regimento, e a palestra magna com a professora Larissa. À tarde, a partir dos oito eixos de discussão, os participantes avaliaram o cumprimento do Plano Municipal de Educação, suas metas e estratégias, e propuseram políticas e ações em benefício do sistema educacional aurelinense. Também foi analisado o Plano Nacional de Educação, os resultados da implementação e feitas propostas de atualização.

A prefeita Liu Andrade em seu discurso, assegurou que a conferência é um espaço de assegurar a participação democrática. “O Plano municipal tem vigência até 2023, que traça metas que precisam ser aferidas para vermos o que está sendo atendido e se tudo que foi previsto está sendo seguido.  Então, aqui é um espaço para conferir o que foi feito no biênio 2015/2016 e formular propostas. Por isso, é importante a participação da sociedade, pois é uma oportunidade de colaborarem para uma educação muito melhor para a cidade”- finalizou.

O Secretário Municipal de Educação, Alessandro Alexandrino, destacou que o encontro é uma oportunidade de discutir, entender e debater os principais pontos do documento referência, o Plano Nacional de Educação, “com objetivo de monitorar, e verificar tudo aquilo que foi colocado em prática. Além disso, é preciso sistematizar as propostas e escolher os delegados que representarão a comunidade nas outras conferências”.(Fonte: aurelinoleal. ba. gov.br)