RUI NEGA QUE BRASIL VIVE ESTADO DE EXCEÇÃO
  • 185
  • 0
  • 14/01/2019 
  • redacao

 

O governador Rui Costa (PT) negou, na manhã desta segunda-feira (14), que o Brasil vive um estado de exceção, como defende o seu partido, e advogou que seja respeitada a “autonomia” da Venezuela, onde o presidente Nicolás Maduro é considerado um ditador. “Não acho que o país vive estado de exceção, embora estamos vendo pessoas serem condenadas sem base de provas. Lula é um dos. [Mas isso] não significa que estamos em estado de exceção. Não questiono a eleição brasileira. Quem ganhou tem que governar”, pontuou, ao se colocar a disposição para ajudar o governo de Jair Bolsonaro (PSL). Sobre a ditadura de Maduro, Rui afirmou que “os povos têm autonomia definir seus caminhos”. “Não considero que temos o direito de julgar como [as coisas] devem ocorrer em outros países. A China não tem eleição no jeito que nós temos. Estados Unidos têm eleição indireta. […] Temos que respeitar a Constituição dos outros países”, pontuou, em entrevista a GloboNews.