ITABUNENSE, FORAGIDO DA JUSTIÇA, É PRESO NO RIO GRANDE DO NORTE
  • 406
  • 0
  • 08/03/2019 
  • redacao
Está preso desde ontem (7), no Rio Grande do Norte, o itabunense Carlos Fernando de Jesus Luna, 57 anos. Ele era foragido da polícia, acusado de mandar matar a professora Sônia Almeida dos Santos, 34 anos, em Itabuna. De acordo com as investigações, Luna teria contratado Wadson Martins Santos para jogar ácido na vítima, em agosto de 2007, quando a mulher levava o filho para a escola. A morte aconteceu três meses depois. O executor do crime informou ter recebido R$ 250 como pagamento. Conforme a polícia, na época, a motivação teria sido vingança. Isso porque Sônia, casada, rejeitou assédio de Fernando Luna. Ele foi condenado a 14 anos de prisão pelo crime, mas a pena foi reduzida para 10 anos em 2017. O acusado chegou a ficar preso pelo crime, ainda em 2007; mas em 2017 já estava em liberdade.