ITACARÉ: PREFEIRTO JARBAS TEM CONTAS APROVADAS PELA CÂMARA
  • 643
  • 0
  • 20/11/2014 
  • redacao
O prefeito teve as contas aprovadas pelo TCM

O prefeito teve as contas aprovadas pelo TCM

 

Os Vereadores de Itacaré seguiram o parecer do TCM e aprovaram na sessão desta terça-feira (18), por 10 votos a 0 as contas dos exercícios 2001, 2002 e 2003 do prefeito Jarbas Barbosa, o vereador Jarbas Júnior, filho do gestor não se fez presente na sessão.
A comissão responsável pela análise das contas, composta por três membros da casa legislativa, na qual fazem parte; o vereador Arnaldo do Esporte, Benildo da Passagem e Jarbas Júnior. Devido à ausência do vereador Jarbas Júnior, o presidente da Câmara, Nego, nomeou o vereador Maurício Setúbal para substituí-lo e assim poder dar continuidade ao processo de votação das contas.
Lembrando que ainda faltam ser jugadas pela Câmara, as contas do Prefeito Jarbas Barbosa, dos anos de exercícios de 2004, 2006, 2007 e 2008 rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Que pelo que tudo indica, também será rejeitada pela Câmara, seguindo também o parecer do TCM.
O presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Nego fez questão de enfatizar que essas contas serão votadas ainda esse ano, e que caso não consiga notificar o prefeito a legislação permite tomar outras medidas para que a votação das contas aconteça. Outro fato muito importante foi à declaração do vereador Maurição que ainda não tinha sinalizado uma posição em relação às contas, na oportunidade Maurição deixou bem claro que o mais importante é os vereadores fazer o que é correto e acatar o parecer do TCM, essa posição arrancou vários aplausos do público presente durante a sessão, pois com a crise do governo, muitos moradores torcem para que o legislativo não aprove a contas rejeitadas do ex-prefeito Antonio de Anísio e do atual gestor Jarbas Barbosa, para que os dois políticos não sejam candidatos nas próximas eleições municipais.
Nos bastidores da política local a conversa é que o prefeito está tentando ganhar tempo, pois o não comparecimento do seu filho, o vereador Jarbas Júnior, assim como o próprio prefeito à casa legislativa abre espaço para esse tipo de questionamento e deixa no ar uma dúvida. O que será que Jarbas está articulando?
O prefeito Jarbas precisa de pelo menos, 8 votos  a seu favor para evitar a inegebilidade pelos próximos oito anos. Outro que também teve suas contas reprovadas pelo TCM, referentes ao exercício de 2011 e que também será jugado pela Câmara é o ex-prefeito Antonio de Anísio, ele também poderá ficar inelegível pelos próximos 8 anos. (Fonte: itacaréurgente)