RELATOR OPINA POR CONDENAÇÃO DA PREFEITA DE IPIAÚ, MAS JULGAMENTO É ADIADO
  • 289
  • 0
  • 26/07/2019 
  • redacao

 

Prefeita de Ipiaú Maria das Graças

 

Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) iniciou, nesta quinta-feira (25), o julgamento de denúncia  contra a prefeita de Ipiaú, Maria das Graças César Mendonça, em razão de suposta ilegalidade na contratação direta de um escritório de advocacia para assessoria e consultoria em licitações e contratos.

De acordo com o órgão de fiscalização, a prefeita de Ipiaú contratou empresa por R$88 mil, no exercício de 2017.  A conclusão da análise do processo pelos conselheiros, no entanto, foi adiada. A expectativa é que o julgamento da denúncia seja retomado nas próximas sessões do TCM.

O relator do processo, conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, opinou pela procedência da denúncia, com imputação de multa de R$3 mil e determinação de ressarcimento aos cofres municipais de R$ 35.200,00, com recursos pessoais. Contudo, o julgamento foi interrompido, após o conselheiro Raimundo Moreira solicitar vistas do processo, para melhor analisar a matéria.