UBAITABA: PREFEITA SUKA SOFRE MAIS UMA BAIXA E PERDE MAIORIA NA CÂMARA MUNICIPAL
  • 708
  • 2
  • 26/09/2020 
  • redacao

A prefeita Suka perdeu apoio de seus principais aliados na reta final de sua candidatura à reeleição

A prefeita Sueli Carneiro da Silva Carvalho (Suka-PSB) que governou o município durante quase toda gestão com uma base de apoio composta por  9 vereadores na Câmara Municipal,  passa a contar  apenas com  quatro  edis  em sua base de sustentação no   final do seu mandato que se encerra em 31 de dezembro de 2020. Dessa vez quem abandonou o barco foi o vereador Agripino Ribeiro Neto (PDT) que declarou seu apoio ao candidato da oposição, o ex-prefeito Asclepíades de Almeida Queirós (Bêda Almeida-MDB)).

Agora com adesão do Edil, o  grupo vermelho conta com  07 dos 11 vereadores da casa legislativa. A  prefeita Suka Carneiro que concorre à reeleição ultimamente  vem perdendo diversas lideranças que contribuíram para sua ascensão ao Palácio da Colina em 2016.

Segundo alguns analistas políticos,  a prefeita ao longo deste três anos e meio, não honrou os compromissos assumidos com lideranças políticas, lideres comunitários  e  comerciantes locais. Até  vice-prefeito, Jailton Araujo, companheiro de chapa, lhe negou apoio e foi para oposição. (Fonte: jornaltribunadaregiao.com.br)

 

 

 


  1. Albert Corrêa disse:

    Esse tipo de política está com os dias contados . Vergonhosa uma câmara que foi composta para fiscalizar, defendendo seus próprios interesses. Deixo aqui minha indignação por esse falsos representantes do povo. Que a carapuça sirva para os incomodados com minha opinião . Chega de vermes e sanguessugas.

    Atenciosamente: Dr Albert Corrêa

    • cléa barretto lemos disse:

      Você esta certíssimo, Alberto Corrêa. Vamos renovar o quadro de vereadores depositando nossa confiança em novos nomes que estão se apresentando, na esperança de que cheguem à Câmara pessoas com a consciência do seu papel como fiscais dos interesses da população e não aproveitadores que só pensam em levar vantagem.
      Att: Cléa Lemos