ITABUNA FECHA HOSPITAL DE CAMPANHA
  • 223
  • 0
  • 21/09/2021 
  • redacao

 

 

A queda de 80% do número de internações em leitos de terapia intensiva (UTI) para vítimas da covid-19 no município levou a Prefeitura a encerrar as atividades do Hospital de Campanha de Itabuna. A unidade foi aberta somente para atender vítimas do novo coronavírus e passou a funcionar em 29 de março passado com 20 leitos clínicos e 20 de terapia intensiva.

Numa nota, há pouco, a prefeitura informou que o hospital “terá seus leitos desmobilizados em razão do progresso da vacinação e da melhora nos casos graves do novo coronavírus no município. Também, pelo fim do contrato com a empresa.” Nos últimos 20 dias, o Censo de ocupação dos leitos UTI Covid-19 em Itabuna aponta uma média de 36% a 20% em todas as unidades.

Deste percentual, apenas quatro ocupações são no Hospital de Campanha. Segundo a Prefeitura, “os custos com a manutenção da estrutura chegaram a R$ 400 mil mensais, a locação de equipamentos em torno de R$ 390 mil, enquanto a gestão da unidade demandou investimentos de R$ 1,4 milhão”. O município ainda mantém duas Unidades de Referência para Pacientes com Síndromes Respiratórias Agudas (gripários), em Nova Ferradas, e no antigo Sesp, no Centro, e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA24H), no Monte Cristo, com capacidade para atender pacientes com sintomas do Covid-19 ou com síndrome respiratória aguda grave. (RBN)