: LULA PERDE DESTAQUE PARA FHC EM EVENTO EM ILHA DA BAHIA (Por Jairo Costa Júnior)
  • 484
  • 0
  • 23/03/2015 
  • Redação

ccomadatuba

Há quatro anos, quando as finanças do Brasil navegavam em mar de almirante, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva foi a estrela do Fórum de Comandatuba, evento que reúne a fatia mais gorda do PIB do país na paradísiaca ilha do Sul baiano. Além dos indicadores positivos, Lula surfava na maré política favorável. Meses antes havia emplacado sua afilhada política, Dilma Rousseff, na Presidência da República e gozava amplo prestígio internacional. Este ano, com crise de caixa e de credibilidade que levou o governo petista ao canto do ringue, a onda virou. Tanto que o posto de queridinho do fórum organizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide) ficou para seu maior rival político nos anos 90: o ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso. Como se vê, por estas plagas nunca fez tanto sentido a célebre máxima cunhada por James Carville, marqueteiro do ex-presidente americano George Bush, o pai, quando ele perdeu a reeleição para Bill Clinton em 1992: “É a economia, estúpido”.

Fala de hermanos
A lista de palestrantes do 14º Fórum de Comandatuba, que acontece de 18 a 21 de abril, revela que tipo de voz o empresariado brasileiro quer ouvir  em um momento de baixa econômica e necessidade de reformas fiscais: ex-governantes com experiência em lidar com finanças à beira do desabamento, especialmente em nações da América Latina.

Passado e presente
Além de FHC, o encontro tem como convidados contemporâneos do tucano no poder e opositores de governos de centro-esquerda ou com um pé no bolivarismo chavista. Entre eles, os ex-presidentes do Uruguai, Luis Alberto Lacalle; da Colômbia, Alvaro Uribe; do México, Vicente Fox; da Bolívia; Jorge Quiroga, e da Espanha, José Maria Aznar.