UBAITABA: TCE FORMALIZA REPRESENTAÇÃO CRIMINAL CONTRA PREFEITO NO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL
  • 932
  • 2
  • 29/05/2015 
  • Redação
 O TCE confere Bêda Almeida, prefeito  de Ubaitaba o “status” de “ficha encardida”.

O TCE confere  a Bêda Almeida, prefeito de Ubaitaba o “status” de “ficha encardida”.

O prefeito de Ubaitaba, Asclepíades de Almeida Queiroz (Bêda – PMDB), não comprovou o uso devido de recursos financeiros repassados pela Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado (SEDES) ao município, conforme relatório do Tribunal de Contas do Estado da Bahia assinado pelo conselheiro Pedro Lino.

O relatório remete a 2005, quando a Prefeitura de Ubaitaba firmou convênio (nº 180/2005) com a antiga Secretaria de Combate à Pobreza, hoje chamada de SEDES. Bêda foi obrigado a devolver 150 mil reais ao Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza e pagar multa de R$ 10 mil. O TCE também formalizou representação criminal contra o prefeito no Ministério Público do Estado da Bahia.

A medida do TCE reforça a condição de “ficha suja” que torna o prefeito inelegível. Ele não pode recorrer da decisão.

Punições recorrentes dos tribunais de contas já conferem ao prefeito o “status” de “ficha encardida”. Isso dificultará a candidatura de Bêda a cargo público na próxima eleição. (Blog do Gusmão)


  1. dona de casa disse:

    2005 Marta era a secretária e ai se diz tão certinha.

  2. Eu disse:

    100.000,00 não é nada para esse indivíduo, pois roubou milhões do nosso município.