INFECÇÃO POR SUPERBACTERIA CAUSA MORTES NO DISTRITO FEDERAL
  • 947
  • 0
  • 02/06/2015 
  • redacao

 

bacteria

 

Três pessoas que foram isoladas após contato com paciente com superbactéria morreram e outras 13 pessoas estão sendo monitoradas, de acordo com informações da Secretaria da Saúde do Distrito Federal. Tanto as vítimas quanto as pessoas em observação estavam internadas nas alas amarela e vermelha do Hospital Regional de Taguatinga.

Segundo a secretaria, entre as vítimas está uma mulher de 79 anos, que morreu no domingo infectada com a superbactéria KPC. Ela deu entrada na unidade no dia 8 de maio. Outra idosa, de 80 anos, que também fazia parte do grupo isolado, morreu no final de domingo com insuficiência respiratória. O órgão estadual investiga se ela também possuía a infecção. O terceiro é um idoso, de também 80 anos.

As alas vermelha e amarela foram interditadas. O pronto-socorro do HRT tem capacidade de 54 leitos, mas abrigava 168 pacientes na tarde de quinta-feira. Os cuidados tiveram início na sexta-feira, quando a superbactéria Acinetobacter baumanii foi identificada na unidade.

Segundo a secretaria, a bactéria é resistente e  o contágio ocorre apenas pelo toque. Leitos vizinhos aos dos pacientes foram bloqueados. A secretaria afirmou que não há risco de epidemia e que todos os cuidados necessários estão sendo tomados para evitar a transmissão para outros pacientes. A equipe médica está usando máscaras, capotes e luvas descartáveis.