SENADORES QUE FORAM À VENEZUELA DESEMBARCAM EM BRASÍLIA; AÉCIO PEDE RESPOSTA “DURA”
  • 1.021
  • 0
  • 19/06/2015 
  • redacao

Twitter do senador Aécio Neves postou imagem da chegada do grupo na Base Aérea de Brasília  (Foto: Reprodução / Twitter / Aécio Neves)

Twitter do senador Aécio Neves postou imagem da chegada do grupo na Base Aérea de Brasília
(Foto: Reprodução / Twitter / Aécio Neves)

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) disse que o incidente ocorrido na Venezuela com uma comitiva brasileira “inadmissível”. A declaração ocorreu após o grupo com oito senadores brasileiros, que foi hostilizado por manifestantes em Caracas, ter desembarcado no aeroporto de Brasília.

“Nós vamos, do ponto de vista político, congressualmente fazer as retaliações necessárias”, complementou.

Aécio Neves disse que espera uma posição “dura” do governo brasileiro, entre elas, “no mínimo”, que o embaixador do Brasil na Venezuela seja chamado de volta para dar explicaçõe

“Para saber o que houve, quem orquestrou isso, quais foram os objetivos. […] Se alguma dúvida existir em relação à escalada autoritária na Venezuela, nós voltamos de lá sem dúvida alguma: Venezuela precisa da atenção de todas as democracias do mundo”, disse o tucano.

O governo brasileiro lamentou, em uma nota do Itamaraty, os incidentes durante a visita da Comissão Externa do Senado a Caracas e classificou de “inaceitáveis” os ataques de manifestantes contra os parlamentares brasileiros.

“À luz das tradicionais relações de amizade entre os dois países, o Governo brasileiro solicitará ao Governo venezuelano, pelos canais diplomáticos, os devidos esclarecimentos sobre o ocorrido”, diz o texto.