CALOTE NA CONTA DE LUZ DISPARA COM AUMENTO NAS TARIFAS
  • 666
  • 0
  • 22/06/2015 
  • Redação
Ninguém suporta o aumento nas tarifas

Ninguém suporta o aumento nas tarifas

Em maio, inadimplência nas contas de energia aumentou 13,9% em relação ao ano passado, enquanto o calote em geral subiu 6,7%As altas das tarifas e da inflação em geral, combinadas com a retração da economia e com o aumento do desemprego, deixaram as famílias com menos dinheiro para pagar as despesas básicas, como luz, telefone e água. No mês passado, o atraso no pagamento das contas de energia elétrica e de telefone cresceu o dobro da variação média da inadimplência em geral do consumidor na comparação com maio de 2014.O calote nas contas de energia elétrica em maio aumentou 13,94% em número de pessoas em comparação com igual período do ano passado, enquanto a inadimplência média do consumidor avançou 6,7% no mesmo período e foi a maior marca desde dezembro de 2012, segundo dados do SPC Brasil.