POLÍCIA APURA ASSASSINATO DE FUNDADOR DA MARCHA
  • 752
  • 0
  • 04/03/2017 
  • redacao

FUNDADOR

A Polícia tem a possível ligação com o crime organizado como a principal linha de investigação para o assassinato do fundador da Mancha Verde, Moacir Bianchi. O torcedor do Palmeiras levou 16 tiros na madrugada de quinta-feira na zona sul da capital paulista, no bairro do Ipiranga, em emboscada com a participação de outros dois veículos. O enterro foi na manhã desta sexta-feira.O trabalho de apuração começou com imagens de câmeras da região e se baseia na informação de uma cisão dentro da uniformizada. A briga interna teve como causa desavenças entre a diretoria da Mancha e integrantes da zona sul da cidade. A rivalidade cresceu por disputa no comando e o vínculo de membros com o crime organizado, ligação que irritou alguns dos participantes.Horas antes do crime, associados da Mancha discutiram em frente à sede da torcida, na Rua Caraíbas, em frente ao Allianz Parque – Bianchi esteve no encontro e conversou com os demais integrantes.