‘ATIRO PARA MATAR, MAS NINGUÉM ME LEVA PRESO” ’, DIZ BOLS0NARO
  • 638
  • 0
  • 03/04/2024 
  • redacao

O ex-presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer o que já havia falado no passado a alguns interlocutores, entre eles um ministro do STF, em 2022, sobre a perspectiva de ser preso.

Na primeira fala, há dois anos, Bolsonaro em conversa com um ministro do Supremo comentou sobre atirar em quem tentasse prendê-lo. A afirmação foi durante uma conversa no Palácio da Alvorada no primeiro fim de semana de agosto.

“Eu atiro para matar, mas ninguém me leva preso. Prefiro morrer”, afirmou Bolsonaro na época. Agora, Bolsonaro voltou a falar em “atirar para matar”, numa conversa recente com um deputado de seu partido. E garantiu que não aceitará ser preso.

Entre os abusos, o ex-presidente disse também que não acataria mais ordens no STF, que não haveria eleição em 2022 sem voto impresso e que não aceitaria o resultado do pleito daquele ano se não saísse vencedor.