HOMEM É ESPANCADO POR MENORES EM CÁRCERE PRIVADO POR 4 DIAS NA BA
  • 824
  • 0
  • 16/07/2015 
  • redacao
Dois adolescentes, de 15 e 17 anos, foram apreendidos suspeitos do crime (Foto: José Alencar/Site Giro de Noticias)

Dois adolescentes, de 15 e 17 anos, foram apreendidos suspeitos do crime (Foto: José Alencar/Site Giro de Noticias)

Dois adolescentes, de 15 e 17 anos, foram apreendidos suspeitos de invadir a casa de um jovem de 27 anos e mantê-lo em cárcere privado por quatro dias em Itabela, no sul da Bahia. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Jansen Júnior, os suspeitos espancavam o proprietário da residência, que é trabalhador rural e morava sozinho, com uma barra de ferro e pedaços de pau e ainda o ameaçavam de morte.

“Quatro pessoas, entre elas os dois adolescentes apreendidos, tomaram a casa desse rapaz para montar um ponto de venda de drogas. Ele ficou preso dentro de casa por quatro dias”, relata o delegado em entrevista ao G1 nesta quinta-feira (16). Segundo ele, o caso foi descoberto após a apreensão dos dois adolescentes suspeitos que portavam uma quantidade de crack durante ronda da Polícia Militar no bairro Ubirajara Brito, que fica afastado do centro de Itabela.

“Assim que foi feita a abordagem, a PM encontrou uma quantidade de crack com os adolescentes. Eles confessaram que vendiam drogas e, quando foram apresentados na delegacia, nós já tínhamos a informação de que um homem era mantido em cárcere privado há quatro dias naquele mesmo bairro. Constatamos que esses menores estavam envolvidos”, contou.

Barra de ferro utilizada para espancamento da vítima foi apreendida pela polícia (Foto: José Alencar/Site Giro de Noticias)

Barra de ferro utilizada para espancamento da
vítima foi apreendida pela polícia
(Foto: José Alencar/Site Giro de Noticias)

Após a apreensão dos suspeitos, as polícias Civil e Militar conseguiram achar a residência onde o rapaz de 27 anos era mantido em cárcere privado. O resgate da vítima ocorreu na última terça-feira (14).

Jansen Júnior ainda relatou que outros dois jovens conseguiram fugir quando os policiais chegaram ao local.

“Além de resgatar a vítima, nós apreendemos a barra de ferro usada nas agressões. Com os adolescentes tinham aproximadamente 20 gramas de crack, R$ 20 em cédulas de R$ 2. O menino de 15 anos confessou que o dinheiro era fruto da venda de drogas”, disse Jansen Júnior. Em depoimento, a vítima contou que os quatro suspeitos invadiram a casa dele e que pretendiam ficar ali para manter ponto de venda de drogas no bairro.

“Ele [a vítima] disse que não reagiu em nenhum momento porque ficou com medo de morrer, pois foi ameaçado. Ele ficou apavorado e estava muito machucado, tinha vários hematomas quando o encontramos”, contou o delegado. “Eles chegaram na casa dele, armados, e ordenaram que o dono ficasse em um canto. Durante quatro dias ele foi agredido com uma barra de ferro e pedaços de pau”, revelou Jansen Júnior.

Os dois adolescentes estão apreendidos na delegacia de Itabela. O caso já foi comunicado ao Ministério Público e também ao Poder Judiciário. Os menores aguardam decisão da Justiça para serem transferidos da delegacia. Outros dois suspeitos estão foragidos e são procurados pela polícia. Eles já foram identificados. O delegado ainda informou que os quatro jovens suspeitos já eram conhecidos na região pela prática de crimes, inclusive homicídios e tráfico de drogas.

O jovem que foi mantido em cárcere privado e espancado deixou a casa onde morava de aluguel e está na residência de familiares. Ele passou por exame de corpo de delito na quarta-feira (15), quando foram constatadas as agressões. Até a publicação desta reportagem, os outros suspeitos do crime não haviam sido presos.