GRATUIDADE PARA POLICIAIS EM ÔNIBUS É SUSPENSA A PARTIR DE HOJE
  • 653
  • 0
  • 21/07/2015 
  • redacao

 

Policiais civis e militares terão que pagar passagem para andar de ônibus em Salvador a partir de hoje, quando passa a valer decisão do Tribunal de Justiça (TJ-BA) anulando 10.376 mil cartões de gratuidade. Apenas duplas de PMs ou investigadores, desde que fardados e devidamente identificados, vão ter acesso  ao transporte coletivo de forma gratuita.

(Foto: Arquivo CORREIO)

(Foto: Arquivo CORREIO)

Ontem, no final da tarde, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) informou, em nota, que estuda uma forma de reverter a decisão. “As medidas visam assegurar o benefício aos policiais e garantir a segurança da população”, diz a nota. Não foram informadas quais medidas judiciais a PGE pretende adotar.

O cancelamento dos cartões de gratuidade foi divulgado, na última sexta-feira, pelo Setps (sindicato que representa as empresas de ônibus). Com a mudança, volta o modelo de transporte anterior a 2003:  quando a gratuidade era condicionada à farda e limitada a dois PMs por coletivo. A concessão, a partir de 2003, foi condicionada  ao pagamento da tarifa pelo governo do estado. No entanto, segundo  o Setps, não houve repasse. Correio 24 Horas