FOTOS DE ATRIZES NUAS PODEM TER SIDO VAZADAS POR E-MAIL OU PELA ‘NUVEM’
  • 2.022
  • 0
  • 03/09/2014 
  • admin
Hackers divulgaram fotos de Jennifer Lawrence e outras atrizes

Hackers divulgaram fotos de Jennifer Lawrence e outras atrizes

As fotos nuas de diversas atrizes, entre elas Jennifer Lawrence, que vazaram na internet neste final de semana podem ter sido obtidas por invasões a serviços de armazenamento na nuvem ou e-mail. Apesar de muitas imagens terem sido nitidamente feitas com celulares, é improvável que esse tipo de acesso indevido tenha sido usado já que o hacker precisaria ter contato direto com os aparelhos.
Muitos smartphones oferecem opções que sincronizam automaticamente as fotos com serviços na web, como Dropbox, iCloud e Google+. Caso um criminoso consiga descobrir uma senha ou usar qualquer outro truque para acessar a conta de uma pessoa, as fotos hospedadas lá podem ser baixadas.

Um código que realiza um ataque de força bruta contra o iCloud, da Apple, foi publicado nesta segunda-feira (1º). Ataques de força bruta são aqueles em que o invasor tenta diversas senhas até conseguir o acesso. Serviços on-line protegem usuários contra esse tipo de invasão com bloqueios ou freios que impedem a realização de muitas tentativas de acesso em uma mesma conta.

Não há prova de que as fotos tenham sido obtidas dessa maneira, mas a publicação do código aumentou as suspeitas de que esse tenha sido o caminho usado pelo criminoso. Segundo Alexey Troshichev, especialista que publicou o código, a Apple adicionou bloqueios de proteção, mas alguns internautas relatam que o iCloud segue vulnerável em algumas regiões.

Outro meio, mais tradicional, é a invasão da conta de e-mail. Fotos íntimas costumam ser feitas com o intuito de serem enviadas a outra pessoa. Quando um criminoso obtém acesso a conta de endereço eletrônico de algum famoso, a caixa de e-mails enviados pode revelar o que foi compartilhado. Quem recebeu as fotos também pode ser vítima de ataques.

Uma possibilidade mais remota é a de que alguém conseguiu os celulares usados e depois usou algum aplicativo para recuperar arquivos já apagados. Um estudo divulgado em julho por uma empresa de segurança conseguiu recuperar 40 mil fotos apagadas de 20 smartphones usados adquiridos na web.

Segundo relatos de internautas, as imagens foram divulgadas por um hacker anônimo que queria trocar as imagens pela moeda virtual bitcoin.

Imagens também podem ser falsas

A atriz Mary Elizabeth Winstead, uma das vítimas, confirmou a autenticidade das imagens e disse que elas foram tiradas há alguns anos. Isso significa que quem esteve por trás dessa invasão pode ter conseguido o acesso há mais tempo e não ter divulgado nenhuma foto até agora para não levantar suspeitas.
No entanto, as atrizes Victoria Justice e Ariana Grande afirmaram que suas imagens são falsas. Como fotos de diversas famosas foram divulgadas, há também quem esteja aproveitando a oportunidade para criar e divulgar imagens manipuladas como se fossem parte do conteúdo vazado. Além disso, como as fotos foram colocadas à venda, interessa ao vendedor oferecer e ganhar dinheiro com imagens falsas.