IBIRAPITANGA: PREFEITO ISRAVAN BARCELOS É DENUNCIADO AO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
  • 1.320
  • 0
  • 15/02/2016 
  • Jornal Tribuna da Região
 Drº Ravan terá que contratar um criminalista, pois ele poderá ser réu na justiça federal e responder por improbidade administrativa

Drº Ravan terá que contratar um criminalista, pois ele poderá ser réu na justiça federal e responder por improbidade administrativa

Foi protocolada no Ministério Público Federal (MPF) de Ilhéus uma denúncia contra o prefeito de Ibirapitanga, Drº Ravan (PSD). O prefeito está sendo acusado de cometer irregularidades na contratação da empresa para a realização da Jornada Pedagógica de 2015. Na denúncia, foram anexados contratos e comprovantes de pagamento do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), no qual mostra que a prefeitura contratou a empresa Irlan Silva Bastos Eireli LTDA, para realizar a jornada. O problema que o primeiro contrato foi no valor de R$ 41.897,50, e a jornada foi realizada no início do ano. O problema é que logo depois a prefeitura contratou e pagou a mesma empresa para realizar a segunda Jornada Pedagógica de 2015,(30/7 a 09/8), sendo que o valor foi de R$ 60 mil. No dossiê apresentado ao MPF, tem declarações de professores que confirmam que só ocorreu uma Jornada Pedagógica no ano de 2015. Se ficar comprovado a denúncia, o prefeito Drº Ravan terá que contratar um advogado criminalista, pois ele poderá ser réu na justiça federal e responder por improbidade administrativa. (PSB)