ATIRADOR CHUTOU CABEÇA DE EMPRESÁRIO E ATIROU QUANDO A VÍTIMA ESTAVA CAÍDA, DIZ TESTEMUNHA
  • 439
  • 0
  • 03/12/2016 
  • redacao

coliseuUma testemunha do crime que vitimou o empresário Marcelo Tosta dos Santos, de 37 anos, contou detalhes do que ocorreu na madrugada deste sábado (3) no Coliseu do Forró (veja aqui). A pessoa, que preferiu não se identificar, contou ao G1 que a briga começou em uma área coberta próxima à praia. “Foi confusão, empurra-empurra. O cara que foi baleado estava perto de onde vende as fichas para bebida. Nisso, um rapaz de camisa azul tirou a arma que estava na cintura e atirou no cara. Ele estava a dois metros do cara. A vítima caiu, uma pessoa chegou a abraçar o cara no chão, tentando proteger, aí o cara que estava armado ainda deu um chute na cabeça da vítima e começou a atirar várias vezes no cara que ainda estava no chão”, relatou. Segundo a testemunha, após os tiros as pessoas começaram a gritar e tentaram sair do local. “Teve gente quebrando a cerca para fugir pela praia”, lembrou. No momento da confusão, a banda Vingadora se apresentava e, ao notar a briga, deixou o palco. A banda e o Coliseu do Forró emitiram nota lamentando a morte (leia aqui). A Polícia Militar informou que uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou o óbito. Ao Bahia Notícias, uma outra testemunha relatou que a briga foi inciada por um esbarrão e que Marcelo “morreu por besteira”. “O cara trombou nele, já veio super alterado, falando um bocado de coisa já. Ninguém ia imaginar que esse cara estava armado”, lamentou.